quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Sonhos, realidade e coragem -'

Como eu queria voltar no tempo; Alguns anos, anos bons, anos maus.
Como eu queria ter varias sensações novamente.
Sonhar com o papai Noel, com o ultimo dia de aula, com toda sexta, quando vovó ainda existia e me dava balinha, comer e não se cansar, brincar de boneca e nem passar em mente que existe um mundo ao redor, dar beijo de boa noite na mãe e no pai, voltar ao primeiro beijo, voltar ao dia em que você encontrou seu grande amigo e nem imagina que ele se tornaria tão importante, ganhar novamente o sorriso daquela pessoa, sonhar com um namoro que parecia impossível e que se tornou realidade, voltar no dia em que você ouviu pela primeira vez eu te amo, ao abraço amigável daquele fim de namoro bom, sentir aquela saudade inexplicável e com uma pitada de dor.
Como eu queria voltar pelo menos um segundo, com quem eu não tenho mais junto a mim. Como eu queria ter ele de volta para me dar o beijo, abraço mesmo quando desnecessário, voltar no dia em que eu podia impedir aquilo que mais me machuca hoje.
Voltar na minha inocência e saber que existe maldade, falsidade, verdade, felicidade, tristeza, SAUDADE.
Como eu queria que meu desejo nunca se acabasse, que aquele momento voltasse como uma caixinha mágica que realizasse pelo menos um pouquinho da minha persistência de hoje.
E hoje o que resta é saber que para ser feliz precisa lutar chorar e sofrer.
Mais se o bom ainda me existe vou conseguir, se o que eu quero já não se consegue vou superar e vibrar com o dia que eu me reerguer.

16 comentários:

Priiii! disse...

Haja vontade né nao? pra seguir em frente tentando voltah tudo pra trás mais fere quando nao é pra sempre aquelas super lembranças que so causam uma sensaçao boa de ter vivido é isso q mais importa ter histórias pra contar sobre tudo passado presente futuro..
incrivel nao? ter algo para amar e adorar bjuss...

Ana Luisa Ferraz disse...

saudade dói...

Juh disse...

Pena que a gente só se dá conta que ser criança é muito bom quando a gente cresce e se entope de chatice.

Tarci disse...

Aiai senti saudade de tanta coisa lendo seu post, da minha vozinha, de quando eu era pequena e era feliz e nao sabia rrsrs
Beijos Florzinha, que isso passe logo, e o sol ilumine seus dias!

Marcela disse...

Oi Carol!!!!
Muuuito obrigada pela visita no meu blog, pelos parabens e pelos elogios!!!
Adorei!
E pode deixar, se um dia eu escrever mesmo um livro, eu aviso vc! Obrigada mesmo!

Gostei do seu blog viu... e olha, eu, se pudesse voltar no tempo, voltaria para os meus 14, 15 anos ;)

Um beijo!

Leila disse...

Seu texto meio que me lembrou do que eu acabei de postar no blog, sobre arrependimento...
As coisas deixam saudades né? Mais temos que pensar que temos toda a vida pela frente, e muito mais está por vir, para nos alegrar, entristecer... E podemos sim, quando queremos, fazer com que cada dia volte a ser o primeiro!
:*

Dani disse...

Tá, mas você não pode estar realmente errada... quem sabe?

Seus textos me passam uma certa tristeza e até um pouquinho de desespero. Sei que não lhe conheço, mas você tá legal?

Priii! disse...

Vc tah certissima..
amor de verao dura mtu pouco msm
e as vezes nem vale tanto a pena ne?
Bjaum

Fê Meirelles disse...

olá! :)
é sim, a emoção sempre contrasta com a razão. Sempre me mandaram escolher o coração, mas é difícil!

E eu também queria voltar no tempo, consetar os errinhos, aumentar as risadas e os momentos bons..! :)

um beijo! :*

Anônimo disse...

olá! eu tbm sinto falta de muitas fases na minha vida.. principalmente quando se ante tanto numa porta e parece que ela nunca vai se abrir aí vc passa a pensar "não acredito que virei adulta p isso?" oh vontade de voltar p o utero... + isso tudo é momentâneo... e é bom que seja dificil pq o que vem facil agente nunca valoriza

Anônimo disse...

"mais olha q eu so adolescente e falo de coisa malucas mais eh produtivas heeein rs"

concordo ocm vc em numero genero e grau.. + eu era um desastre humano... vc nem faz idéia!! continue sendo assim..

Mariana Araújo disse...

Moça, na boa..se fosse preu voltar no tempo, prefereria que fosse somente como telespectadora só pra tirar algumas dúvidas...como ver se o cheiro e a textura da pele que lembro até hj era realmnete a da minha vozinha que morreu...ou pra ver como danado eu realmente nasci, se houve mesmo o susto da barata...rs

na vida nada é por acaso, é o que penso, e até que me acho saudável apesar do que passei...rs

não há nada mai slindo na face da terra do que viver e crescer e mesmo chorar...pense nisso

(ah! tu tá favoritada faz tempo no meu pc já mulé...rs, valeu pelo coment vice?)

Marco disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marco disse...

Como diria Roberto Carlos se chorei ou se sofri o importante é que emoções eu vivi =]

Ana Luisa Ferraz disse...

Pense positivo e vá à luta! Reze mto e fale com ele!

Marcela disse...

Oi Carolzitcha!!!

Ah, com certeza viu, acho que a maioria das pessoas se arrependem do que nao fizeram. Por isso a gente devia aproveitar mais a vida, né?

Qnd colocar texto novo me avisa que venho ler com maior prazer!

Beijoca!